Principais considerações para criar um orçamento preciso de LMS

O treinamento on-line realmente proporciona retorno sobre o investimento (ROI)? Se sim, quanto deve ser investido em seu novo programa de treinamentos on-line? Neste artigo, vamos destacar os principais pontos a serem considerados para criar um orçamento preciso de LMS para a sua organização.

“Essa é uma tradução interpretativa do artigo: Top considerations to create an accurate LMS budget, publicado pela eLearning Industry

Como criar um orçamento preciso de LMS

Cada empresa possui diferentes objetivos e estratégias comerciais. Porém, uma coisa que todas têm em comum é a necessidade de reter os melhores talentos. Você deve ser capaz de manter seus colaboradores bem informados e felizes durante o trabalho para conseguir permanecer competitivo no mercado. Uma das melhores maneiras de alcançar isso é investir no desenvolvimento profissional da sua equipe. Aqui estão as principais dicas para criar um orçamento preciso de LMS, para que você possa reter seus melhores talentos e destinar seus recursos com eficiência. 

1 – Avalie o ROI dos treinamentos on-line

Qualquer comitê de orçamento está preocupado com o ROI, ou como diz o ditado, “você tem que investir dinheiro para ganhar dinheiro”. Mas, como medir algo intangível como o conhecimento? Ou como medir os treinamentos on-line para transmitir os conhecimentos? Para ajudar a obter a aprovação da diretoria, considere este estudo realizado pela Accenture: Para cada dólar investido em treinamentos, a empresa recupera este valor do investimento e mais $3,53, isso é um ROI de 353%. Pode ser possível investir menos em T&D depois de alguns anos e ainda ver o crescimento da mão de obra. Com base nessa descoberta, o estudo concluiu que um programa de treinamento deve ser tratado como um negócio e não como um projeto separado, deve possuir estratégia e metas viáveis ​​para serem alcançadas.

2 – Pesquise diversos modelos de preços para LMS

Existem várias opções disponíveis de LMS. As plataformas possuem três categorias com opções diferentes e é aconselhável pesquisar as diversas formas de cobrança para encontrar a melhor para o seu orçamento, com os requisitos necessários para os treinamentos on-line.

1. Baseado em Nuvem

Pagamento por aluno

Não tem necessidade de baixar software para o aluno e está acessível em qualquer hora e lugar. A taxa é baseada no número de alunos que utilizam a plataforma LMS mensalmente. Neste pacote, há a possibilidade de haver recursos que você não precisa, mas normalmente não possui a opção de removê-los por um valor de taxa mais baixo. Os fornecedores podem exigir um pagamento mensal ou anual da plataforma.

Pagamento por uso

Se você está procurando um LMS com diversos módulos e funcionalidades, esta pode ser uma boa opção. O pagamento é de acordo com as funcionalidades realizadas e o número de usuários por mês. Um cuidado com essa alternativa é esclarecer antes de contratar o que o fornecedor quer dizer com “utilizar”. Os fornecedores de LMS têm classificações diferentes para o que é considerado “utilização”, pode ser uma funcionalidade ou diversos recursos para um curso ou trilha de treinamento on-line.

Pagamento por aluno ativo

Essa opção é um pouco diferente, você não paga por cada aluno inscrito. Ao invés disso, você paga por aqueles que estão realmente realizando um curso on-line.  Esta é uma ótima opção para empresas que podem não ter todos os colaboradores realizando os treinamentos ao mesmo tempo.

2. Auto-Hospedado

Licenciamento por tempo limitado (também pode ser baseado em nuvem)

Nesta opção, o preço é baseado em uma taxa fixa. A quantidade de usuários ou módulos de treinamentos não aumenta o valor da taxa, porém existe uma taxa de renovação do licenciamento anualmente.

Taxa de licenciamento continua

Uma taxa única é paga pela organização para os serviços da plataforma LMS. Essa taxa cobre todos os aspectos do produto. Em seguida, a organização baixa o software e hospeda localmente. Eles podem utilizar o LMS pelo tempo que quiserem, não possui data de validade. E como bônus adicional, a maioria dos fornecedores oferecem atualizações gratuitas.

3. LMS Grátis

Existem diversas opções de LMS totalmente gratuitas, especialmente em modelos de código aberto. Um dos grandes problemas com essa opção é a necessidade de experiência com programação para utilizar essas plataformas. Uma alternativa para ser considerada, caso não haja experiência tecnológica, é contratar um especialista para ajudar na implementação da plataforma LMS e no treinamento da sua equipe para utilizá-la. Como acontece com qualquer serviço gratuito, pode haver problemas ou taxas ocultas. E essa opção não possui serviço de suporte, sendo assim, a manutenção pode sair cara.

Estudos têm comprovado que treinar e desenvolver as pessoas te leva a um retorno do investimento. Utilizando um valor financeiro estatisticamente gerado, você possui um ótimo ponto de partida para determinar que tipo de orçamento para LMS é o correto para o departamento de treinamentos da sua empresa. Assim que o orçamento for calculado, você poderá decidir qual plataforma LMS se enquadra melhor com as necessidades da sua organização.

Fonte:

eLearning Industry: Top considerations to create an accurate LMS budget

Escrito por: Christopher Pappas, fundador da Elearning Industry.

Veja também

5 maneiras de amenizar o Turnover dentro da sua empresa

Uma alta taxa de Turnover, ou rotatividade de pessoal, pode afetar a lucratividade, produção e o ambiente organizacional dentro de uma empresa.

5 mitos ou verdades sobre a educação a distância

No dia Nacional da Educação a Distância, separamos alguns mitos e verdades sobre o tema.